segunda-feira, abril 24, 2006

Salanga Ricardo


Salanga Yango Ricardo

Salanga Yango Ricardo nasceu em BUKU-Nzau, na província de Cabinda, Angola no dia 15 de Outubro de 1964, filho de Manuel Yango e de Mbumda Antónia. Fez os seus estudos, primário, secundário e superior, na Academia de Belas Artes de Kinshasa, onde realizou várias mostras individuais e colectivas. Em 1986, a convite da Academia de Belas Artes de Paris, efectuou um estágio de pintura com a duração de um ano, após o que regressou a Cabinda, a sua terra natal. Em 1990, residiu em Luanda, onde tinha um atelier no centro recreativo e Cultural Njimu Ex Edal, no Bairro da Hoji Ya Henda. É membro da União Nacional dos Artistas Plásticos de Angola (UNAP). Encontra-se radicado em Portugal desde 1993, com residência em Leiria. De Junho de 1994 até Abril de 1995, foi chefe de Gabinete de Desenho e Pintura na “Leal Publicidade” em S. Jorge, Porto de Mós.

“Salanga é um grande pintor e faz brotar o sortilégio de África nas mulher e nos homens, nas danças e nas bailarinas, no sensualismo da cor, na sexualidade do homem e da mulher, na contextura jurídica do casamento num novo mundo, com muito de sociológico e de antropológico, de circunstâncias especiais, com um bom desenho, perspectivas desenvoltas, cromatismo adaptado ao ambiente biológico, num rasgo intelectual de Salanga, andarilho da Europa, que produz um preceito moral e ético no graduar da extensão da África, obtendo quase uma recuperação social, como se este pintor escrevesse uma tese sobre a relação do homem-terra, o edifício humano, fraterno, erguido por um direito comum a toda a solidariedade.
Artista de raiz, pensante…”
Dr. Manuel Bontempo, in “O despertador”, Coimbra, 16/02/1996.


Exposições individuais

De pintura, na Bulgária e na Bélgica; várias exposições na Rep. Do Congo (ex-Zaire), em 1983/1984; de pintura, em Cabinda (Malongo), Angola, a convite dos americanos, em 1986; pintura e escultura em madeira, na República do Congo, em 1987; pintura, na Zâmbia, em 1988; pintura e escultura em Arrare, na República do Zimbabwe; pintura, no Hotel Presidente Méridien, Luanda, em 1991; pintura, na Aliance Française, Luanda; exposição de pintura em Leiria; pintura, no Hotel Méridien, Luanda, em 1992; pintura, no Aeroporto Charles de Gaule, Paris, a convite de Air France; pintura, na Holanda e na Bélgica; pintura, na festa do Champagne, Epernay, França, em 1993; pintura, na EXPOSALÃo, Batalha (Leiria), em 1994; pintura, na Galeria Capitel, Leiria; pintura, na Casa da Cultura D. Pedro V, Câmara Municipal de Mafra; pintura, no Hotel Presidente Méridien, Luanda, em 1996; pintura no Hotel das Termas de Monte Real, Leiria; pintura na Feira Internacional da Marinha Grande em 1997.

Exposições Colectivas

Pintura na Bulgária, em 1983; pintura no aniversário da Sonangol, Luanda; pintura na 19ª Bienal Internacional de S. Paulo, Brasil, em 1987; pintura na Bienal de Havana, Cuba (como assistente), em 1991; pintura, na Expo Inter-UNESCO, Paris, França em 1994; pintura na “Saudação ao Dia da África”, Centro Cultural Português e Instituto Camões, Luanda, Angola em 1996; pintura de 22 de Maio a 20 de Julho, na Expo’98; pintura na Feira Internacional da Marinha Grande; pintura no “Dia da Independência de Angola”, Casa de Angola, Porto; pintura, na 1ª Bienal Internacional de Alenquer, em 1998; pintura na Expo Luso-Africana”, Galeria Capitel, Leiria em 1999.

Representações


Está representado em diversas colecções particulares e oficiais de todo o mundo.

Prémios e distinções

4.º prémio no Centenário da Cidade de Maladi, república do Congo (ex-Zaire), em 1986; distinguido na sétima posição, entre oitenta e cinco participantes, no “Grande Prémio Internacional de Artes Plásticas de l’Aigle”, Nice, em 1997.

domingo, abril 23, 2006

Conheça algumas obras de Salanga Ricardo